Acompanhe-nos
Problemas Sexuais - Homens

Problemas Sexuais - Homens

O homem teme sofrer com problemas sexuais. Mas em algum momento de sua vida, poderá apresentar algum distúrbio nesse sentido.

Veja abaixo os 4 problemas sexuais que ocorrem com mais frequência no homem!

1. A disfunção erétil

Os problemas de ereção são muito comuns e, ao mesmo tempo, muito combatidos com toda variedade de remédios, inclusive receitas caseiras ou comprimidos populares, tomados de forma indiscriminada.

A disfunção erétil ocorre quando o fluxo sanguíneo não é suficiente para produzir e manter o estado de pênis ereto, ou seja, rígido, intumescido e alongado. A concentração de sangue ocorre nos corpos cavernosos do órgão sexual masculino.

Em um homem sexualmente sadio, a ereção é uma reação instantânea e involuntária a um estímulo sexual. Quando o homem sente dificuldades ou efetivamente não consegue ter uma ereção, é preciso tratar-se quanto antes.

Uma disfunção erétil permanente é o que os médicos chamam de impotência. Mas certamente em algum momento de sua vida, o homem poderá sofrer com disfunção erétil momentânea (devido principalmente a fatores emocionais).

2. A ejaculação precoce

Outro distúrbio que se destaca entre os problemas sexuais é a ejaculação precoce, ou seja, o homem não consegue manter uma penetração prolongada, ejaculando logo e terminando assim a relação sexual.

Quando essa ejaculação ocorre em menos de 1 minuto, pode-se considerar que aconteceu uma ejaculação precoce. E quando esse fato se repete com frequência, todas as vezes em que o homem mantém relações sexuais (ou, pelo menos, na maior parte das vezes), ele deve procurar tratamento médico.

A ejaculação precoce limita a prática do sexo, tornando-a insatisfatória para as duas partes. É interessante considerar que esse distúrbio também pode ser indício de disfunção erétil. O homem pode estar ejaculando logo devido ao fato de não conseguir manter a ereção por mais tempo. Em outros casos, o homem ejacula rápido porque não consegue controlar as reações em seu corpo devido, principalmente, a ansiedade.

3. A baixa libido

A vida sexual do homem também pode sofrer interferências por causa da redução na libido. Sem desejo sexual suficiente para iniciar uma relação sexual, o homem dificilmente obtém um desempenho satisfatório.

A falta de desejo sexual também pode ser resultante de dificuldades de ereção. Porém, existem outras causas, como problemas emocionais (ansiedade, preocupação, medo, angústia, tédio, depressão), queda nos níveis de testosterona no organismo, uso de medicamentos ou outras substâncias, doenças, vida sedentária e assim por diante.

Sem libido, a vida sexual do homem pode se anular. Quanto mais intenso for seu desejo, maiores as chances de ter um melhor desempenho na cama.

4. A ejaculação tardia

A ejaculação tardia é o contrário da ejaculação precoce. O homem mantém uma relação sexual muito prolongada, além dos limites médios, para conseguir ejacular. Isso também gera transtornos para o casal.

Em alguns casos, o homem nem mesmo consegue ejacular, por mais que demore a relação. Ou seja, não é possível atingir o orgasmo. O pênis pode mesmo perder sensibilidade apesar de manter a ereção.

Agende sua Consulta

Acesso Rápido

Problemas Conjugais

Orientação Sexual