Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Terça, 19 Junho 2018

Terapia e a auto-sabotagem

Terapia e a auto-sabotagem

Se pararmos para pensar como as pessoas estão levando a vida, eu me arrisco a dizer que 99% passa ou passará por alguma dificuldade sexual e no relacionamento. Um alto nível de estresse, ansiedade, excesso de tecnologia, fuga da realidade, traumas, fobias, promiscuidade, vícios, distanciamento emocional, materialismo e vários outros fatores característicos desse mundo moderno.

Então vou te fazer algumas perguntas seja sincero nas respostas

  • Você está satisfeito (a) com seu desempenho na cama?
  • E com o desempenho dele(a)?
  • Tem vontade de fazer sexo?
  • Tem sentido orgasmo?
  • O sexo é válvula de escape?
  • Controla seus instintos?
  • Tem preguiça de fazer sexo?
  • Usa desculpas para não ter intimidade?
  • Ejaculação precoce ou dificuldade de ereção?
  • Consome pornografia e acha que não é nada demais?

Se respondeu sim a pelo menos uma das perguntas, você precisa de terapia sexual, se nunca pensou sobre o assunto, irá pensar quando o outro começar a se distanciar ou cobrar diretamente melhorias nessa área.

E se já pensou em fazer, o que aconteceu com a ação?

Quando identificamos algo em nossa vida que precisa de melhoria e nada fazemos para melhorar, sempre justificando, ora pela falta de parceiro(a), dinheiro, tempo, vergonha, eu e você sabemos que essa lista é grande, mas, na prática isso significa auto-sabotagem.

Você se sabota as vezes percebendo ou sem perceber para não sair da zona de conforto.

E muitos que procuram e chegam a fazer algumas sessões voltam a entrar nesse processo de auto-sabotagem, criando dificuldades para não fazerem o que precisa ser feito.

A vida é assim, só temos duas opções frente a um problema, enfrentar ou fugir e auto-sabotagem é uma fuga.

Então, da próxima vez admita sua fraqueza e comece a observar quais desculpas anda inventando para você mesmo(a), para não resolver o que vem a tempos empurrando com a barriga.

Se você gostou desse artigo, acompanhe, marque alguém que precisa saber sobre isso, deixe seu comentário.

Veja Também:

Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Ir para o topo