Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Quinta, 03 Mai 2018

Fazendo sexo por obrigação?

Fazendo sexo por obrigação?

Quando o desejo vira obrigação todos os dois perdem. Algo muito comum nos relacionamentos é quando o sexo acaba virando obrigação. Espera-se esse comportamento nos relacionamentos mais antigos, mas, também anda acontecendo em relacionamentos mais recentes.

Veja alguns motivos que podem levar os parceiros a enxergar o sexo como obrigação:

  • Disfunção de perturbação do desejo, não sente vontade, não quer falar para o parceiro e acaba fazendo sexo apenas na tentativa de tentar aliviar as necessidades do outro;
  • Rotina cansativa e estressante leva o corpo ao cansaço físico e mental e isso tira completamente a disposição para o sexo;
  • Dor na relação sexual, essa disfunção pode ser provocada pelo vaginismo ou um trauma que acaba dificultando a penetração e levando a mulher a sentir dor, isso faz com que o momento do sexo se torne uma árdua obrigação;
  • Ejaculação precoce junto com falta de criatividade, pois ambos já esperam que será um fracasso e acabam fazendo por obrigação;
  • Dificuldade ou total ausência de orgasmo, faz com que a mulher tenha preguiça de fazer sexo, pois toda vez acaba se frustrando e quando há esse comportamento ela encara o sexo como obrigação;
  • Cobrança pelo desempenho, muitas mulheres acabam minando a autoestima sexual do parceiro, e isso pode levar a quadro de ejaculação precoce e a se fazer sexo por obrigação, como uma forma de autoafirmação;
  • Relacionamentos desgastados por brigas, mágoas, idas e vindas e traições, levam os envolvidos a perderem o respeito, consequentemente autoestima e a vontade de intimidade com o outro.

O que fica claro em todos esses comportamentos é que quando uma das partes faz sexo por obrigação, mesmo que não fale, a outra parte sente e acaba gerando afastamento, pois, muitos fantasmas passam pela cabeça, desde “ será que está me traindo a não me ama mais”.

Então seja qual for o motivo que está fazendo você ir para o “sacrifício” vale a pena ser franco com o parceiro e procurar ajuda para resolver. Saiba que tem tratamento para todas as causas que mencionamos no artigo. Então não se doe pela metade, não é satisfatório para nenhum dos dois. Sexo é entrega e deve ser 100%, caso contrário não vale a pena.

Veja Também:

Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Ir para o topo