Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Quinta, 01 Fevereiro 2018

Chifre trocado, dói ou não?

Chifre trocado, dói ou não?

Ouço muitas pessoas dizendo fulano não é mais o mesmo. Mas, essa pessoa se esquece que ela também não é mais a mesma.

Ilusão achar que suas afinidades do início do relacionamento durarão para a vida toda. Ambos mudam no decorrer dos anos e o que antes não incomodava, passa a incomodar. E é aí que a coisa fica complicada. Em muitas dessas mudanças dentro do relacionamento, vão se configurando novos comportamentos, uns saudáveis e outros nem tanto assim.

Uma moda nova agora é trocar chifres, então meu amigão, se você se acha o cara porque bota chifre na mulher a muito tempo e ela nunca descobriu, você deve ser mais um, bem vindo ao clube de troca.
Algumas pessoas acham que se vingar do outro através da traição, diminui a sua dor, e assim vão empurrando os problemas (valores, dignidade, amor-próprio etc) para debaixo do tapete.

Um dos alicerces para um relacionamento dar certo é o respeito. Respeito a você, ao relacionamento e ao outro.
Se por algum motivo você se recompensa traindo, está na hora de parar e observar seus valores. O que acha que ganha fazendo isso? Seis segundos de orgasmo? Prazer em vingar-se? Quais são os medos que você tem que prefere se enganar a enfrentar a realidade? A questão financeira é tão mais importante que sua dignidade? O que te faz pensar que agindo assim é diferente do outro?

Nunca será vantajoso pagar o mal com o mal. O outro pode até não descobrir, mas a vida sempre cobra os desvios. A conta sempre chega.
Não é porque se acostumou a trair que a atitude passou a ser certa.

Todo processo de mudança é doloroso, mas, quem disse que anestesiar a dor é a solução?
Sejam lá os motivos que te levaram a justificar sua atitude, para a consciência não pesar, não se sustentará por muito tempo. Pois todos os caminhos levam a verdade. De um jeito ou de outro a vida obriga a sair da zona de conforto. Então faça o que precisa ser feito e ainda não teve coragem para enfrentar.

Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Ir para o topo