Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Terça, 05 Dezembro 2017

“Tô de mal” = Bloqueio no whatsapp

“Tô de mal” = Bloqueio no whatsapp

Mais uma modalidade da evolução tecnológica que muitos casais e pessoas adultas insistem em usar. Fico vendo da minha janela crianças brincando, até que uma se sente incomodada com algo que aconteceu, grita, esperneia e sai gritando: - “ tô de mal de você”, cinco minutos depois ela retorna, e todas voltam a brincar juntos, pois criança ainda não guarda rancor e a diversão segue.

Acontece que muitos “adultos”, fazem exatamente a mesma coisa usando o aplicativo do whatsapp, quando se sentem incomodados com o parceiro, familiar, amigo, etc…, simplesmente o bloqueia, essa é a forma “adulta” de dizer “tô de mal”.

Mas, ao contrário da criança, aqui existe rancor, raiva e uma vontade grande de ferir o outro com a indiferença. Infelizmente, muitas pessoas só crescem na estatura e na idade, mas na maturidade para conversar e resolver os conflitos têm a mesma habilidade de uma criança em formação, ou seja, nenhuma.

Se você tem alguma divergência com seu parceiro, amigo, familiar, cliente, etc..., resolva isso de forma madura, sentem e conversem como adultos devem fazer. Tudo é possível de se resolver quando as duas pessoas querem dialogar e se abrem para a resolução do problema. Pessoas maduras, resolvem os problemas e não criam outros e esperam que os problemas se resolvam sozinhos.

Não entra nessa de birra, bloquear a pessoa que inevitavelmente você terá que conviver. Não é se escondendo, fugindo ou fazendo pirraça , que o problema irá se resolver.

Enfim, pare de se comportar como criança e cresça.

Glícia Neves - Sexologia & Coaching

Agende sua consultaConsultas

(63) 8430-3809

Skype: glicia_tins

atendimento@glicianeves.com

Facebook - Clique para acessarInstagram - Clique para acessarYouTube - Clique para acessar

Ir para o topo